Poeminha da madrugada

hoje é quarta-feira

coração levantou cedo

abriu a janela

respirou fundo

enquanto se espreguiçava

deu duas voltas no quarto

bocejou algumas vezes

pensou nos mistérios do mundo

depois voltou para a cama

e ficou horas rolando

 

coração levantou cedo

mas você acorda às onze

 

 

0 Replies to “Poeminha da madrugada”

  1. Marjorie Bier

    Todas as palavras são mágicas. Possuem um misterioso encantamento e abrem a porta de maravilhosos tesouros. Tua poesia é um reino de fadas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.