Debaixo dos caracóis do meus cabelos

Eu não ia escrever sobre xampu. Primeiro porque sempre achei que a palavra sofreu um aportuguesamento pobre e feioso demais para figurar na literatura nacional. Em segundo lugar porque o Mário Prata já escreveu uma crônica sobre isso, falando do jaborandi e de outras coisas tipicas do produto. Mas não agüentei. A indústria cosmética provoca e, na condição de provocado, serei obrigado a tocar no assunto.

Embora eu não seja tão velho assim, sou do tempo em que havia apenas três tipos de xampú: o de adulto, o de criança – que não ardia os olhos e era amarelo – e o Denorex. Aliás, o Denorex era bárbaro, porque além de lavar o cabelo, acabava com a caspa, desentupia o nariz e deixava a cabeça geladinha naqueles dias de calor infernal. Que fim levou o Denorex?

Mas, enfim, hoje existe xampu pra todos os gostos, tipo de cabelo, estação do ano e não vai demorar muito pra ter um especial até para o signo zodiacal. “Moço, eu quero um de peixes com ascendente em leão”, vai dizer a pisciana problemática. Xampu pra ela! O importante é faturar. E a área cosmética é um dos segmentos da economia que está em franca expansão. Ficar bonito, dependendo da feiúra, envolve muito dinheiro. É a roda do capitalismo estético girando.

Porém o que mais tem me chamado atenção é a criatividade e a ousadia dos rótulos dos xampus. Eu fico até imaginando o pessoal da criação discutindo os nomes e propriedades de cada um. Efeito Frizz: é o famoso cachopão, ou conhecido por “Palhaço Bozo”. Mas é claro, já há xampu que reduz em até 30% o dito efeito. E vá lá saber como foi que chegaram nesse número percentual. Outro rótulo traz mais uma: “para domar os cabelos mais rebeldes”. Meu Deus, escreveram isso? Está aí um exemplo de metáfora capilar bem sucedida. E por aí vai: camomila deixa mais claro, abacate hidrata os cabelos ressecados, babosa deixa mais sedosos. Há xampu para “pontas perfeitas”, anti-queda, com proteção solar especial e até um com as poderosas hidroproteínas de trigo, como esquecê-las?

Mas entre todas as bizarrices cosmético-capilares esses dias vi uma que me intrigou sobremaneira. Estava lá: SEM SAL. Assim, sem mais delongas, como se fosse uma margarina. É claro, depois daquele momento em que realmente cogitei ser algum tipo de xampu para quem sofria de pressão arterial elevada, fui ver o rótulo. Que nada. É que os sais podem danificar os cabelos e tal, coisas que descobriram em algum laboratório de Paris ou algo assim e que agora está a seu alcance! Até cheguei a pensar em fazer um xampu com aroma de folhas frescas de arruda e COM SAL, especial para banhos de descarrego. Vai que fico rico.

0 Replies to “Debaixo dos caracóis do meus cabelos”

  1. Eu odeio margarina sem sal. Portanto, vou odiar xampu sem sal também? Da série, perguntas inevitáveis para sua vida continuar em frente.

  2. olha, Rômulo, com sal ou sem sal, pouco importa o xampu, detenha-se nas maciez, no carinho e na beleza das mãos da cabelereira…

  3. melhor nem tentar explicar que vai ficar pior…rs

  4. “proteínas de pérola com micro refletores de luz”

  5. Camila Pimenta

    Olha Felipe, eu vou tentar dar uma pequena analise no seu texto, na minha humilde interpretação… adorei todo o deboche por sinal… enfim, 1º também sou da época onde só tinha 3 tipo de xampu (shampoo), uma época em que meus cabelos eram lisos, acreditem eu tinha cabelos lisos, mas aí veio os hormônios da adolescência e já viu no que deu (pra quem não sabe tenho cabelos cacheados, onde na maioria das vezes está de mal humor e ficam rebeldes, sentiram o drama, sem falar como ficam quando estou “naqueles dias”), então voltando, 2º quando chegaram as novidades, vários tipos como você mesmo explicou, acredite eles cumprem o que prometem, ao menos os que eu uso funcionam… eles que me fazem sair e ficar tranquila na noite, sem a preocupação de que estou parecendo o dito bozo que você usou como exemplo, e depois em 3º eu sou publicitária, adepta aos apelos usados, ao capitalismo voraz que a indústria da beleza inseriu a humanidade… acredito também que as mãos delicadas e amorosas de nossas cabeleireiras ajudam bastante, mas nada como usar depois do xampu (shampoo) e condicionadores para cabelos enrolados e difíceis de domar, um creme básico sem enxágüe ant-sponge… sério, faz um efeito maravilhoso… cabelos cheirosos, macios e na noite podendo ser selvagens, mas no bom sentido, sempre… hahhahahhaha…
    Agora se você pensa em fazer um xampu (shampoo) com folhas frescas de arruda e com sal, olha devia tentar, por que não, eu como publicitária venderia fácil… porque gente pra consumir novidades é o que não falta… e eu sei do que estou falando….
    Bom é isso…

    by

  6. Hélio Jorge

    Bom, diante desse tratado de enxaugue, não sei mais no que acreditar. Só faltam fazer xampu (champú, Champoo, Shampoo, Xan-Pow etc) para TPM.

    Que dia molhadinho, hein?!

    Uma xícara de chá verde quente (ou um merlot), bolachinhas de queijo, um livro já lido ha mais de 15 anos e um boa companhia para ir escutando a leitura, enquanto a chuva molha a rua lá fora, continuamente.

  7. vou ligar pro CVV

  8. xampu para TPM, quem arrisca uma fórmula???

    chocolate, melissa, o que mais?

  9. Hélio Jorge

    …Pinhão Roxo, Camomila, Vodka, Colinho, Cafuné, “Adoro tua mãe” e “Você está lindona hoje, amoremio!”

  10. Hélio Jorge

    Ah, desculpem, tem que misturar tudo numa vazilha de barro cozido, bater com uma colher da pau de amansa-doido, no sentido horário. Depois de bem batido, aplicar com um pente de dentes grandes, da raiz do cabelo até as pontas, mas tem um detalhe: tudo aplicado muito de leve, pra não magoar nem criar profundos atritos!

  11. “Que fim levou o Denorex?”

    o Denorex continua aí. firme e forte, comercializado ainda em algumas – não necessariamente as melhores – casas do ramo.
    simplesmente perdeu espaço nas mídias. isso talvez se explique com a emergência dos transexuais, já que estes acabaram roubando do nosso glorioso anticaspa o seu inesquecível slogan: “Parece, mas não é”.
    o consagrado Ronaldo que o diga. aliás, descobrimos agora que até o fenômeno “usa Denorex”…

    affe!

  12. André, isso tudo, contra nosso inestimável Ronalducho, é uma conspiração da mídia anti-flamenguista que, sabendo da ida do Fenômeno para o time bi-campeão estadual do Rio de Janeiro, tenta de vários modos impedir a ida para o rubro-negro do craque-acima-do-peso supra-citado.

  13. Hélio Jorge

    Ei, Felipe, que mais vai ter nesse blog: Estética, Propaganda, TPM e até Futebol… Só falta falar de coisas sérias agora! Aí é demais, né?! Onde nós estamos, gentem?!

  14. Camila Pimenta

    nossa…

  15. xan-pow…tinha que ser o heilinho.

    Obs:TOdos direitos reservados Televisa MExico. Chavéz Producciones.

  16. o que seria CVV?

  17. Rômulo…

    entendo que vc esteja defendendo a classe – e não é de flaminguistas que eu tou falando – ao tentar livrar a cara do “Felômeno”. mas pera lá, a coisa pode ser un poco diferente: isso demonstra o perigo de ser flaminguista.
    o crack do Milan diz que tinha bebido um pouco após o jogo do Flamingo, quando isso tudo aconteceu. perceba aí o perigo de torcer para este time(?).

    confira as ligações perigosas: o Flamingo ganha. o torcedor fica alegre (“gay”, na língua de Shakespeare; me corrija se eu estiver errado, little Helio). aí bebe. e fica mais alegre (ou mais “gay”). e bebe mais. aí, como c* de b***** não tem d*, fica alegre, ou “gay”, de uma vez e sai por aí procurando aquela famosa carta do baralho: Dama de Paus.

    aí já sabe…
    começa a conjugar o verbo “flamengar” no passado:
    – Flamengaste, nêga?
    – Ai, Flamengay…

  18. Centro de Valorização da Vida, você liga pra lá e um cara com o humor do Seba te atende…

  19. por falar em Seba, precisamos apresentá-lo a uma cabeleireira… depois de localizá-lo, claro.

  20. poeteiro misterioso

    Seba
    usa
    Seda

  21. felipedamo

    rafaelo, meu filho, eu não consigo comentar no teu blog, tentei mas não rola…

    helinho, realmente o blog anda meio fútil, mas deve ser a influência do poema de Claudia Leitte e da nova música cantada pela Mulher Melancia (ambos disponíveis no site EGO da Globo)

    andré, espero que agora o Ben Jor faça uma música pro Ronaldo, já que ele já fez umas 98273645023894502 pro flamiiiieenngo e afins…

    seba, we love you!!!

  22. acho que o EGO tem perdido a noção sobre as coisas que escreve (se é que algum dia já teve)

    também, ia querer o que com um nome desse?! EGO… se bem a pobre palavra não tem culpa de ter seu significado distorcido e vulgarizado como tudo nesse mundo atualmente.

    me revoltei depois da melancia… putz

  23. Priscilla, vc tem toda a razão.
    se o negócio ao menos se chamasse SUPEREGO, poderíamos esperar algo mais decente.

  24. Hélio Jorge

    Pois é, Felipe, essas influências são mesmo do créu!

    CVV não quer dizer: CÊ VAI VER!

  25. P_

    “Maio 3, 2008 às 5:31 pm

    felipe damo

    xampu para TPM, quem arrisca uma fórmula???

    chocolate, melissa, o que mais?”

    Minha resposta: SEXO! de boa qualidade, claro.

    Lipe, caramba… tsc!

  26. cheiro de sutien queimado…

  27. Hélio Jorge

    Depende, pessoal, tem que saber quantas vezes SEXO ao dia… 6 sabem que exageradamente pode causar a queda de cabelo e um esfacelamento do couro cabeludo com irritações constantes (coceira), boca seca, derrame no globo ocular, mau-halito, mas tudo isso pode ser evitado com o uso de um remédio chamado PARCEIRO. Não tem contra indicação se vc usá-lo de forma moderada.

    Por hoje é só, “ademam”, que vou em frente, pois cavalo não sobe escada!

  28. Helinho…

    não foi mencionado quantidade e sim em qualidade!
    uma vez bem feito não precisa repetir e assim não iremos nos deparar os outros problemas causados pela exagerada repetição do ato… rs…

  29. Camila Pimenta

    Quantidades… Qualidades… bom, tanto Sr Hélio Jorge quanto a Priscilla tem suas ponderações relevantes, cada qual em seu momento, e se for tudo junto e misiturado, também não dará o mesmo efeito, e pode ser aplicada em casa ou tem que ir em local expecializado, isso é importante saber…

    by…

  30. léa cristina damo

    Estava procurando algo sobre a minha família e descobri o seu nome, Felipe Damo meu tio tbm é poeta se chama Luiz Damo o mesmo que o seu ele faz parte da acadêmia de letras de Caxia sdo Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.