vontades

às vezes vem a vontade

de virar poeira

riacho

ou escuridão

às vezes vem uma vontade de virar um indiano mergulhado no Ganges

e às vezes só vem uma vontade de virar nada

de nadificar

0 Replies to “vontades”

  1. Nadaficar é muito bom. Gostei desse neológico dizer.

    Realmente, Damo, o cachorro é a única coisa aproveitável e de real valor naquele Natal.

  2. Ari Toledo do Guararapes! hahaha!

    Agora vê se não questionas a nona quando estiveres a guiar ao lado dela, pa! Hahaha!

    Um grande 2009!

  3. lembra muito – praticamente uma releitura – um poema do Bento Nascimento. mas neste o verbo “nadificar” aparece como “algo mais”.

    muito legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.