Pequeno bestiário íntimo

Caciópede: s.m. animal de pequeno porte com corpo de ovelha e cabeça e asas de águia. Notável pelo medo do futuro, da velhice e das datas comemorativas. Evita aglomerações de gente e contato físico com estranhos.

Eutolímea: s.f. entidade animal composta por seis pernas de antílope e uma cabeça de serpente. É associada ao cinismo, à insegurança, às respostas ríspidas e à falta de paciência.

Ermoentro: s.m. espécie de ser mitológico composto por corpo de gente e três cabeças de leão. É avesso a qualquer manifestação que imponha acesso à intimidade, a velhos segredos e à vida pregressa.

Hiperonte: s.m. ser muito presente de forma ainda não descrita. É frequentemente ligado aos medos antagônicos de não ser lembrado e de não ser esquecido.

Bracifóreo: s.m. animal alado, com corpo de polvo e cabeça de cão. Muito irritadiço, odeia perder o controle, pequenas surpresas e imprevistos.

0 Replies to “Pequeno bestiário íntimo”

  1. Xiiiiih! Damo, meucaro, Itajaí tá cheinha destes animaiszinhos! Vez por outra esbaro num destes! rsrsrs

  2. Nossa… Esses animaia me lembram alguns personagens do livro “O livro dos Seres Imaginários” do Joge Luis Borges.

    Adorei as definições e as nomeações.
    Parabéns.
    Beijos

  3. eta, atualize!! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.