Rurais XI

As azaleias enfeitam
a curva
da estrada
e alegram o cinza
da tarde
nublada.

Fosse eu
um céu,
uma pétala,
um pedaço
de jornada.
Fosse eu
uma curva,
uma fuga,
uma nuvem
carregada.

Ainda assim seria
mais que a noite
mais que o dia
mais que a madrugada
mais que toda
idiossincrasia
de cada hora lavrada.

Seria uma estrada bela
Um pedaço de terra rosada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.